De momento, não existem programas em arquivo.

Salvaterra de Magos pode perder 3 freguesias se a proposta de lei do governo for avante

 

O concelho de Salvaterra de Magos pode ver o número de freguesias reduzido para metade.

Segundo a proposta de lei do governo o concelho terá que reduzir para 2 as freguesias consideradas urbanas, devido ao nº de habitantes, onde se incluem Marinhais, Glória do Ribatejo, Foros de Salvaterra e Salvaterra de Magos assim como juntar as duas mais rurais numa só, Granho e Muge.

A câmara na sua reunião de ontem aprovou por unanimidade uma moção contra esta proposta de lei.

 

SOM- ANA CRISTINA RIBEIRO

 

Os vereadores socialistas estão ao lado do executivo camarário nesta questão e são favoráveis à manutenção das 6 freguesias e consideram que esta é uma manobra do governo para evitar reduzir freguesias onde o PSD e o CDS têm a maioria.

 

SOM-HÉLDER ESMÉNIO

 

João Nunes presidente da Junta de Freguesia de Salvaterra de Magos não concorda com essa agregação e considera que é uma maldade que o governo está a fazer às autarquias locais.

 

SOM-JOÃO NUNES

Uma proposta taxativa e feita em gabinete, foi desta forma que César Diogo, presidente da Junta de Freguesia de Muge, classificou esta proposta de lei.

SOM-CÉSAR DIOGO

João Oliveira, presidente da Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo, espera que não passe de simples proposta porque no caso de Salvaterra de Magos não teve em conta a realidade geográfica.

SOM-JOÃO OLIVEIRA

A Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE) decidiu rejeitar a proposta de agregação de freguesias do Governo e agendar para 10 de março um encontro nacional de autarcas para debater a proposta de lei.

 



http://www.anmp.pt/files/dsg/2012/div/Diplomareorganizaterritorial.pdf